Max Payne – Balança mas não cai!!

max-payne-movie-1

É incrivel a quantidade de filmes hoje em dia que são baseados em jogos, o problema é que as pessoas que são viciadas em jogos acham que por se tornar um filme tem que ser de cabo a rabo identico, tá, vamos combinar que isso é impossivel, não da pra trazer a realidade um jogo a não ser que o transforme em um desenho, e ai perderia toda a magia. A graça do cinema video-game é exatamente misturar elementos da vida real e da vida dentro do jogo.  Outro ponto muito importante são os traillers.. ah os traillers.. sempre empolgando expectadores, logico, este é o proposito de um trailler, chamar a atenção, vender a carne. Alguns são tão alucinantes e quando vamos ver o filme descobrimos que, alem de quase ser uma propaganda enganosa, deviamos ter ficado em casa vendo somente o trailler, porque o que presta de cena esta lá. Max Payne é mais ou menos isso, não to dizendo que decepcionou, muito pelo contrario, achei a adaptação fantastica, cenas muito bem construidas pegando fortissimo nas caracteristicas visuais do jogo, cenarios muito proximos aos originais.. metrô, o clube abandonado Rag-na-Rock, o cais do porto e a parte visual ficou muito bem feita, com as harpias e tudo mais.  Quando vi que sairia Max Payne nos cinemas ja imaginei um festival de chutes , porradas e tiros e que iriam usar Bullet Time ( aquele efeito camera lenta) até para espirrar. Logico, tiros e porradas acontecem , mas o efeito , inaugurado na linha Matrix, aconteceu somente la pelos 40 minutos de filme.. tudo bem, foi uma baita cena.. uma cena de tremer os cotovelos , mas foi só.. a quantidade de tiros , ja que todos os filmes policiais as armas tem balas eternas, daria tranquilamente para fazer um make up no filme.. mas tudo bem!!! Em nenhum momento do filme ele luta com uma boa quantidade de oponentes ao mesmo tempo, não há banho de sangue. Pelo contrário, ele passa boa parte do filme investigando, o que pode dar até um pouco de sono, mas confesso que o processo investigativo é o tchans do filme, é o que realmente prende. Os Atores? Bom, Mark Wahlberg manda bem como Max Payne, o detetive atormentado pelo assassinato de sua familia, mas não considero esta uma de suas melhores atuações, Chris O’Donnel, o cara ta tão diferente que demorou um certo tempo para eu reconhece-lo, mas esta bem, mandou bem como o mocinho que sabe de tudo. Beau Bridges, famoso BB, mentor de Max Payne, tenta enganar.. e consegue.. otima atuação e a participação de Mila Kunis como Mona fecha o elenco das grandes estrelas do filme. Sobre a historia, acho que nem tem muito o que falar, obviamente ela não segue a cronologia do Jogo, como disse é uma adaptação , uma obra baseada em e não uma copia fiel, entretando acho que Max Payne mesmo aparece pouco, digo em sua fase animal, no fear, freak… mais pro final do filme que realmente visualizamos o Max Payne conhecido no jogo. Então na minha opinão Max Payne quase cai na mesmisse dos outros filmes baseados em jogos.. mas conseguiu se superar, não to dizendo que é um filme sensacional, mas com certeza diverte.

Eu andei lendo criticas metendo pau no filme, tudo bem, acho que uma critica é a visão pessoal de cada pessoa, mas as criticas ruins estão cada dia mais dominando o meio cinematografico, acho sinceramente que as pessoas deveriam entender que cinema é entretenimento e não razão de viver, a vida real é muito diferente e nunca nenhum filme vai chegar perto a isso.. então vamos começar a ver o cinema com outros olhos..mexer com a cabeça humanda é fascinante, historias e historias encantam e debulham as pessoas o que torna na minha opinião o cinema a diversão mais sensacional do mundo, então vamos ao cinema e deixemos as pedras em casa!! 

Sobre a historia.. um breve resumo da opera:  Max Payne narra a saga de um policial que apos o assassinato de sua familia, tenta fazer justiça com as proprias mãos saindo em busca dos assassinos. Se quiser saber mais, vá ao cinema ahuahuhuaahu

Então , em um cinema perto de voce.. Max Payne

Não percam!!!

Boa Quinta!

 

Marcelo

3 comentários sobre “Max Payne – Balança mas não cai!!

  1. Hum, mas entao…
    A questão não é fazer um filme baseado em um jogo e querer que o filme seja identico. O problema é que o roteiro dos jogos hoje em dia é tão bom… e os roteiros de cinema tão mediocres… que não deveriam ter mexido.
    A mesma coisa é quando fazem um jogo baseado em filme… é sempre uma merda… cada midia deveria ficar em seu mundo…
    Como diz o Ricz: jogo hoje é brincar de diretor (exceto se for de Wii porque ai é nivel de telejogo).
    Mas em relação ao Max: dizem… como não vi o corte original, entao ficaremos no DIZEM que o filme era muito muito bom de forte… PG:R mesmo, assim como o jogo que é Mature. Mas estudio de cinema não é publisher de jogos… os melhores jogos sao Mature porque videogame hoje é coisa de adulto (exceto o Wii que é telejogo). Os publishers sabem disso, sabem que não são adolescentes espinhentos jogando Halo ou GTA 4 ou Gears of War ou mesmo Dead Space. São jogos complexos, com historias complexas feitos para adultos. E os adultos vão lá e compram (lá no mundo civilizado…) e alguns jogos faturam perto de 1 bilhão de doletas. Ja um estudio de cinema se preocupa com a classificação do filme… e de acordo com a lenda o filme do Max foi mutilado para pegar PG:13, assim os pimpolhos espinhentos poderiam ir sem problema ao cinema, gerando mais renda. Mas como a edição não é a que o diretor imaginou então o filme fica aquem do esperado… resultado… baixa bilheteria… ou as vezes alta mesmo, isso é meio roleta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s