23

Adeus Amigo!!

dsc07576

 

Ter um cachorro é sentir o amor verdadeiro,
é ter certeza que aquele olhar é realmente uma forma reciproca de sentimento

Ter um cachorro é acordar de madrugada com os latidos infernais , sejam eles de aviso de alguma coisa ou de simplesmente saudade de olhar pra gente..

Ter um cachorro é ter alegria em casa,
é ter paz ao estar ao lado dele, mesmo que seja em silencio ou babando na sua cara toda.

Ter um cachorro é a prova mais concreta de que o amor não é dito em palavras.

É Iron, a sua passagem pela minha vida foi como um cometa.. rapido e brilhante..

sentirei muito a sua falta ao chegar em casa e não ver um louco abanando o rabo de saudades

Sentirei saudades das tardes em que vc ficava ao meu lado, sentado , quietinho so olhando o movimento
Sentirei saudades do seu momento minhoca quando eu abria o portão
Sentirei saudades do seu sorriso.. apoiado na janela da sala implorando por um pedaço de pão ou simplesmente implorando por um carinho na sua orelha de veludo.
Sentirei falta do barulho do seu pote de agua que vc jogava de um lado para o outro quando tava com sede e ja tinha bebido toda sua agua.

Infelizmente vc se foi.. a vida é assim mesmo.. mas saiba que o vazio que sinto agora ira se transformar no seu melhor momento.. o seu melhor momento na minha cabeça.. tudo o que vc me proporcionou vc vai receber em dobro.. tenho certeza que Deus de levou logo porque o Céu dos cachorros estava muito chato e é so voce mesmo que pode alegrar esse lugar.

Enfim.. vá com a certeza de que vc foi um grande cachorro.. um cachorro insubstituivel!

Vá com Deus!
Nunca Deixarei de pensar em vc!!

E continue rindo.. rindo sempre!!!!

Te amo

Marcelo

Anúncios
5

FERIAS!!!!

beach_chair

 

Pois é amigos.. finalmente as minhas tão sonhadas e merecidas ferias chegaram…

Eu sei.. entendo que vão sentir saudades dos posts.. eu tb sentirei saudades de voces.. e de escrever pra voces..

mas na volta.. preparem-se.. novidades no seu Ovo Colorido….

Então..

ASTALAVISTA BABY…

Dia 28/01/2009 Retornaremos as nossas atividades normais.

 

Marcelo